sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Não Há Dor Que Ele Não Entenda

Não há dor que Jesus não entenda,
Não há sofrimento que Ele não se compadeça.
Ele mesmo sofreu em sua própria pele a dor de toda humanidade.
Vivenciou todos os sofrimentos para entender a nossa dor e nos sarar!
Dor física?
Ele sofreu a maior de todas: morte de cruz!
Dor na alma? Só para citar algumas...
Foi rejeitado pelo povo que mais amou.
Sim, Ele sabe o que é ser rejeitado.
Dor da traição? Ele foi traído por um dos seus mais íntimos seguidores e foi negado três vezes por um de seus melhores amigos.
Dor do abandono? Foi abandonado por todos no momento de sua maior dor. Quase todos o abandonaram na hora da cruz. Pouquíssimos permaneceram...
E ali sentiu a pior dor... o abandono do Pai.
Dor da injustiça? Recebeu a maior de todas! Tomou sobre si a culpa de toda uma humanidade (dos que eram, passaram e ainda passariam pela Terra). Morreu por pecados que não cometeu.
Dor da perseguição? Foi perseguido, humilhado, criticado, ridicularizado, questionado... E isso porque só veio a Terra para fazer o bem e mostrar o caminho do amor...
Passou por tudo isso por mim e por você, para nos livrar da dor maior – a ausência de Deus. Mesmo sabendo que muitos de nós nunca reconheceriam a sua oferta de amor. Mesmo assim Ele escolheu morrer por nós e sofreu para nos sarar. Se fez homem sendo Deus. Se esvaziou de sua glória, trono e poder. Tudo por amor a nós!
Existe um Deus que se fez homem para te entender! #Jesus

Não, não há dor que JESUS não entenda, não há sofrimento que Ele não se compadeça. 

“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Isaías 53:4-5


M.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário