terça-feira, 28 de abril de 2015

#dia335

Sozinhos mas, nunca abandonados 

“Pode uma mãe esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, Eu, todavia, não me esquecerei de ti.” Isaías 49:15

Me lembro de uma frase do Jason Upton que me marcou bastante e que  falava algo mais ou menos assim: “Somos todos sozinhos mas nunca abandonados.”  Existe uma parte dessa vida que é solitária porque os nossos destinos se desdobram de forma unica e individual. Estamos até sempre acompanhados de uma forma ou de outra, mas a maioria de nossas escolhas são solitárias. Existe um caminho a ser trilhado sozinho e até a nossa salvação é individual. 

Nisso tudo, porém, o único que permanece ali no nosso interior, além de nós mesmos, é Ele, o nosso Deus. Ele está em todos os momentos e jamais nos abandona. O tempo vem e vai, as pessoas vem e vão, mas, Ele permanece e permanecerá para sempre! Em cada momento de nossa história teremos Ele ali fazendo parte, nos guiando, não nos deixando desistir. Tudo é abalável menos a Sua infinita e imutável presença. 

Paz,

M.S.


Nenhum comentário:

Postar um comentário