domingo, 6 de julho de 2014

#dia46

Deus estabeleceu os limites

“Agora cinge os teus lombos, como homem; e perguntar-te-ei, e tu me ensinarás. Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes?” Jó 38:3-5

Fazemos parte de uma geração que foi criada com trauma de limites, regras, restrições. Mas, algumas regras são mais importantes do que imaginamos.

Costumo falar isso para pais, em meu consultório. As regras claras, bem estabelecidas e com propósito trazem limites e segurança para os seus filhos. Por outro lado, deixar as crianças livres, crescendo sem muitos limites, podem gerar insegurança, hipertavidade, rebeldia e por ai vai. 

Da mesma forma Deus estabeleceu limites. A natureza tem as suas leis que não podem ser quebradas. O mundo espiritual também tem as suas leis que já foram e estão pra sempre estabelecidas. Assim sendo, não adianta a gente querer brigar com algo que é maior do que nós mesmos. Existem leis internas e externas que nos governam e mesmo que queiramos mudar o mundo e a nós mesmos, sempre chega um momento em que temos que reconhecer nossa limitação humana. E quando reconhecemos nossa limitação e nosso limite podemos olhar para Deus e nos render a Ele. Não adianta lutarmos com Aquilo que é infinitamente maior do que nós mesmos. Precisamos nos render a Ele e as Suas leis, só assim estaremos andando em segurança.

Paz,

M.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário