segunda-feira, 14 de julho de 2014

#dia55

Não há como agradar ao mundo todo

“Não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” 
Tiago 4:4

Comecei a pensar nesses dias quão perigoso é querermos agradar ao mundo todo e abrirmos mão de nossas convicções em Deus. Nós, como cristãos, temos um grande desafio, precisamos ser luz em meio ao mundo e alcançar os perdidos, mas ao mesmo tempo não precisamos ser, pensar, agir de acordo com a cultura desse mundo para tentarmos fazer parte e agradar aos outros. 

Existe uma grande diferença entre religiosidade, que é pautada em uma atitude e postura legalista e condenadora que afasta o nosso próximo, e uma postura de fé e conduta firme pautada na Palavra de Deus, que atrái aqueles que estão sedentos, para mais perto de Deus. 

Nós estamos nesse mundo, mas não pertencemos a esse mundo. Temos uma visão diferente das coisas, temos a visão da eternidade, do mundo espiritual. A nossa mente agora tem a lógica de Deus, que é diferente da lógica do mundo. Precisamos parar de querer ser igual a todos e começar a influenciar o mundo, com palavras e com atitudes, que mostram o Reino de Deus na terra. 

Paz,

M.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário