segunda-feira, 7 de julho de 2014

#dia50

A desilusão faz parte do crescimento

“Faze-me conhecer, Senhor, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil.” Salmo 39:4

Toda a expectativa colocada apenas nas coisas desse mundo inevitavelmente geram frustração ao coração. Da mesma forma, toda a expectativa de felicidade em apenas um único objeto terreno também é fadada ao fracasso.  Não podemos colocar toda a nossa expectativa em coisas que são belas, porém passageiras. Pois, se assim o fizermos nos tornaremos frágeis e vulneráveis demais.

Deus, muitas vezes, usa a desilusão para nos mostrar esse algo maior. Não fomos feitos para estarmos plenos enquanto não estivermos habitando face a face com Deus. Todo o resto é como um sopro que logo se esvai. Precisamos estabelecer os nossos corações, nossa força de vida, alegria e paz em Deus, como o primeiro e o único que pode preencher o âmago do nosso ser. 

E quando  colocamos os nossos corações na perspectiva da eternidade temos a habilidade de desfrutar do que é passageiro sem nos desestruturar quando os imprevistos da vida acontecem. E acima de tudo não podemos perder de vista o que de fato é mais importante: o nosso relacionamento com Deus.

Paz,

M.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário