quinta-feira, 23 de outubro de 2014

#dia155

O que a despedida revela

“Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim.” Eclesistes 3:11

Eu sempre odiei despedidas, mesmo tendo que me acostumar na marra com elas como algo corriqueiro em minha vida. Minha mãe, irmã, sobrinhos, alguns primos e meu namorado moram em países diferentes! Imagina quantas despedidas eu tenho que frequentemente passar?!

A despedida revela de forma intensa a transitoriedade e nos dá a noção do quanto essa vida é de fato passageira. O tempo corre, a distância se estabelece… Mas, a despedidade dói tanto porque ela revela que o coração do homem não está pronto e não foi feito para o transitório. Fomos criados por Deus para a eternidade e o nosso coração anseia por tudo aquilo que é eterno. Não queremos perder quem amamos ou estar longe, também não queremos perder tempo… 


A questão maior é que enquanto ainda estamos aqui temos que muitas vezes nos despedir e ainda estamos sujeitos ao impacto do transitório. Mas, existe em Deus a segurança de um relacionamento eterno e inabalável. Nada nesse mundo pode nos separar do Seu amor, se assim escolhermos por Ele.

Paz,

M.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário